Arrumo lugares no meu coração, carrego você na alma, te falo silenciosamente  sobre as canções que não teve tempo de ouvir, os livros que não leu, as ruas que não viram seus pés, partilho a vida nessa comunhão silenciosa, te levando para os lugares onde vou, carregando você no coração,meu jeito de ajeitar a vida...

 (Teresa Gouvêa)

 
Sobre Visitas

Ocasionalmente, nossos mortos

solicitam licença para sentar-se conosco...

em almoços de família,

em festas comemorativas,

em dias de sol, em dias de chuva...

Alguns solicitam que saiam,

e diante da negativa retiram-se...

outros, permanecem, 

ouvem suas histórias... 

quem foram,

seus cheiros, suas músicas,

seus costumes,suas palavras...

Conversamos com eles

através dessas memórias,

de nossas lágrimas,

de nossa saudade...

Bem-vindos, sempre,

meus avós, meus tios,

minha sobrinha,

meus amigos...

bem-vindos sempre...

(Teresa Gouvea)



02/05/2014 | 13:12 Amanda Tinoco Lindo! Teresa, Gostaria de dizer que vc ganhou mais uma super fã desde que encontrei o seu site na semana passada. Sou uma mãe enlutada recentemente. Obrigada por compartilhar seu talento conosco!
13/02/2014 | 10:40 Elma Eu fico pensando: pobres daqueles que não gostam de ler! Perdem a chance de serem ajudados, de serem confortados, dentre tantas outras coisas... obrigada Teresa, seus textos me fazem muito bem! Este, especialmente, é lindo! Parabéns pela sensibilidade com que escreve.
12/02/2014 | 21:53 Leda Tereza , adoro suas reflexoes . Parabens !

Site desenvolvido por BRIFA.COM.BR