Arrumo lugares no meu coração, carrego você na alma, te falo silenciosamente  sobre as canções que não teve tempo de ouvir, os livros que não leu, as ruas que não viram seus pés, partilho a vida nessa comunhão silenciosa, te levando para os lugares onde vou, carregando você no coração,meu jeito de ajeitar a vida...

 (Teresa Gouvêa)

 
Sobre Algumas Passagens

Talvez algumas passagens de nossas vidas

Tenham como destino esse despertar

Em que nos perguntamos:

- o que temos para hoje?

São trechos em que não cabem questionamentos,

Raiva, revolta, inquietude,

Trechos que dão espaço apenas para o silêncio,

a pausa, o passar dos dias,

trechos que solicitam tempo...

tempo para nos trazermos de volta,

para retornarmos de caminhos

em que os passos são lentos,

em que a única coisa cabível

são abraços, silenciosos abraços...

(Teresa Gouvea) 


(foto de Pacheco Narezio)




Site desenvolvido por BRIFA.COM.BR