Arrumo lugares no meu coração, carrego você na alma, te falo silenciosamente  sobre as canções que não teve tempo de ouvir, os livros que não leu, as ruas que não viram seus pés, partilho a vida nessa comunhão silenciosa, te levando para os lugares onde vou, carregando você no coração,meu jeito de ajeitar a vida...

 (Teresa Gouvêa)

Sinuca Embaixo D'įgua
 
 
Carol Bensimon (Luto)
 
 

(Sinopse) Sete personagens diferentes narram um momento de luto, depois que Antônia, uma garota na casa dos vinte anos, morreu num acidente de automóvel.
A maioria dos episódios transcorre no bar do Polaco, que fica às margens de um lago. No fundo do bar está o salão de sinuca frequentado por Camilo, irmão rebelde de Antônia, que tinha uma relação de adoração com a irmã e cuja principal ocupação é montar e desmontar carros antigos.
O tímido e doce Bernardo era colega de faculdade de Antônia, e mantinha um romance platônico com ela. É ele quem inicia uma investigação sobre o acidente. Estaria ela embriagada, transtornada por uma briga passional, fugindo, sendo seguida? Bernardo e Camilo não são os únicos a se ocupar dessa ausência. Polaco, a jornalista Helena, o publicitário Gustavo, o vizinho Lucas e o forasteiro Santiago estão todos ligados, entre si e a Antônia.
 

 
Site desenvolvido por BRIFA.COM.BR